24 de out de 2010

Encontre seus vilões

"Why so serious?"


Enchem a boca para dizer que o bem sempre vence. Para quem? Desde quando? O bem para cada um, é claro, porque somos egoístas. Somos todos da mesma laia, temos nossos próprios monstros, nossos medos e nossos anseios. A sociedade impõe limites, mas ainda assim o lado insensível de cada um prevalece ao lutar pelo bem de si mesmo. 

Procure dentro de si os pensamentos macabros... Eles hão de estar ali, em algum lugar, esperando pelo alimento. Procure o lado obscuro, as feridas abertas que ainda sangram, aquelas que você mente que não existem, aquelas que você esconde até de si mesmo, aquelas que doem tanto que é melhor fingir que não passam de ilusões, pesadelos.

Se não encontrar nada, não pense que não estão aí. É que a sua mentira é tão boa que lhe convenceu.

Ainda pode procurar nas lembranças. Quando você mentiu para livrar a sua pele, quando foi sincero demais e disse palavras duras que machucaram outro alguém, quando um relacionamento não daria mais certo e você quebrou o coração de quem te amava em milhões de pedacinhos e seguiu a sua vida, como se não importasse. Porque não importa. Pelo menos não para você. Mas não subestime esses monstros que vivem imersos nesse mar de mentiras; eles podem te destruir, eles podem vencer. O que impede que sejam eles os vilões de suas próprias histórias?

São eles que prevalecem às vezes e que todos tentamos esconder, que nos tornam humanos, que fazem existir beleza na vida, que transformam tudo isso numa interminável guerra de egos, numa cíclica batalha por um lugar, pela felicidade.

Não minta que não existem demônios em seu interior. Não se renega parte de quem somos.

2 comentários:

Eliana disse...

Amiiiga. o.O

Muito bom! Muito bom mesmo.

Stiehl disse...

Obrigada amiga :D