26 de nov de 2010

Toda essa dor escondida

Há de fazer mal. Todos sabem, guardar esses sentimentos sem mostrar a ninguém as feridas vai só ferir ainda mais. Então por quê guardá-los? E quem se importa? Cada um tem sua maneira de sofrer e isso não é opcional. Nasce conosco e evolui. O sofrimento está inteiramente ligado ao medo de senti-lo, ao medo de perder, ao medo de demonstrar. Mas é sobre essa dor e esse medo que escrevo, com a promessa de jamais deixar uma lágrima cair. Fazer do triste algo bonito, doa a quem doer, doa o quanto doer. Só deixar a dor surgir, o medo dominar e as palavras me rasgarem sem controle, abrindo feridas que não cicatrizam. Porque não deixo. Porque é a prova de que posso sentir e a ilusão de que posso controlar.


Fonte: ~Ilanya (deviantart.com)

Nenhum comentário: